O que é o exame de Papanicolau?

o exame de Papanicolau não detecta o HPV em si.

Seu médico pediu o exame de Papanicolau? Calma! Pode ser apenas um check-up, afinal ele faz parte da lista de exames básicos que toda mulher deve fazer, pelo menos, uma vez por ano. Neste post vamos explicar melhor o que é e para que serve o Papanicolau.

Também conhecido como Citologia ou Colpocitologia Oncótica, o Papanicolau permite um diagnóstico precoce, aumentando as chances de cura, por isso deve sempre estar na lista de exames de todas as mulheres sexualmente ativas.

Para que serve o exame de Papanicolau?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Papanicolau não detecta o HPV em si, mas sim lesões pré-cancerosas provocadas por esse vírus e que, se não tratadas corretamente, podem originar um tumor.

Além do câncer de colo do útero, o teste também auxilia no diagnóstico de infecções vaginais como tricomoníase, candidíase e gardnella vaginalis e doenças sexualmente transmissíveis como gonorréia, cancroide, clamídia, condilomatose e sífilis

Como é feito o exame de Papanicolau?

O teste é simples: o médico irá coletar material uterino por meio de raspagem das células do colo do útero que, em seguida, serão encaminhados para análise laboratorial.

O procedimento não causa dor e não há necessidade de anestesia ou qualquer outro tipo de medicamento. Mas é preciso alguns cuidados 48 horas antes da realização do exame:

  • Não manter relações sexuais (com ou sem uso de preservativos)
  • Não utilizar ducha na região e não fazer lavagem interna
  • Não usar creme e/ou óvulo vaginal
  • Não realizar exame ginecológico com toque, ultra-sonografia transvaginal e/ou ressonância magnética da pelve

O que fazer após o teste de Papanicolau?

Ao fim da consulta ginecológica, a mulher não precisa cuidados especiais e pode voltar a rotina, realizando suas atividades normalmente.

Quais os possíveis efeitos colaterais?

Não há efeitos colaterais durante ou após o exame. Poderá ocorrer apenas um desconforto no momento da raspagem do colo do útero.

Quando é preciso fazer esse exame?

Não existe uma idade certa. O exame de Papanicolau deve ser feito assim que a jovem inicia sua vida sexual e, a partir daí, repeti-lo uma vez ao ano. Em casos de mulheres que já tem HPV, o médico poderá indicar o exame semestralmente.

Ele só não poderá ser realizado durante o período menstrual. Então, antes de marcar o exame, cheque seu calendário e faça as contas do ciclo.

E os resultados?

O exame de Papanicolau não fecha o diagnóstico de câncer, por isso, caso os resultados levantem suspeita, o médico irá avaliar suas condições de saúde, estilo de vida e histórico para, então, solicitar exames complementares e testes mais detalhados.

Ao longo dos anos adquirimos um grande conhecimento na prestação de serviços de análise clínicas, realizando a análise laboratorial conforme as necessidades de cada paciente. Quer saber mais? Mande um whatsapp clicando nesse link https://goo.gl/5Ht9gT ou ligue para 3215-5724.

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *