O que é o exame de glicemia e para que serve?

Exame de glicemia: análise que confirma a Diabetes. Créditos: Lori Greig / Fonte: Visual Hunt

Seu médico pediu o exame de glicemia? Calma! Pode ser apenas um check-up, afinal ele faz parte da lista de exames básicos que devemos fazer, pelo menos, uma vez por ano. Neste post vamos explicar melhor o que é e para que serve o teste de glicose.

A análise é feita por meio de coleta de sangue e acusa o excesso ou ausência de açúcar em circulação no nosso organismo. Este é um dos exames mais comuns para investigar o diagnóstico e acompanhamento da diabetes.

Para um resultado mais sólido, o exame de glicemia pode ser solicitado por seu médico juntamente com outros teste como o TTOG (teste de tolerância oral à glicose) e a hemoglobina glicada, que também analisam alterações no sistema sanguíneo.

O que é o exame de glicemia?

É um teste que verifica a quantidade de açúcares na circulação do sangue, detectando quando há hipoglicemia (pouco açúcar no sangue) ou hiperglicemia (muito açúcar no sangue).

Para quem já tem o conhecimento da doença e precisa apenas fazer o controle, o exame auxilia no planejamento alimentar, na dosagem da medicação e no balanceamento de atividades físicas.

Como o teste glicêmico é feito?

Para realizar este exame é preciso, no mínimo, 8 até, no máximo, 12 horas de jejum, podendo ingerir apenas água.

Na semana antes da coleta é indicado manter a alimentação habitual e evitar cafeína em excesso, bebidas alcoólicas ou fazer exercícios mais pesado no dia anterior ao exame.

Como algumas medicações podem influenciar nos níveis de glicose, se você está tomando algum remédio, avise ao seu médico para que ele leve isso em consideração ao averiguar os resultados do exame ou para que ele solicite a suspensão do fármaco por alguns dias.

O que fazer após o teste de glicose?

A recomendação é que o paciente faça uma refeição sem exageros e não pratique atividades físicas de alta intensidade, afinal acabou de sair de um jejum prolongado.

Quais os possíveis efeitos colaterais?

Não há nenhum efeito colateral ao fazer o exame de glicemia. O que é raro, mas pode acontecer, em razão do longo período sem comer, são tonturas e outros sintomas relacionados à abstinência de alimentos.

Quando é preciso fazer esse teste?

Tudo vai depender de seus hábitos, histórico familiar, idade e outros fatores de risco. Contudo, normalmente a glicemia faz parte do check-up anual em conjunto com outros exames.

Pessoas que estão emagrecendo sem motivo aparente, principalmente crianças e adolescentes, devem fazer a coleta de sangue para verificação, uma vez que são mais propensos a diabetes tipo 1.

Mulheres grávidas também precisam fazer o exame de glicemia durante o pré-natal para evitar a hiperglicemia e complicações ligadas a ela no decorrer da gestação.

O prazo para repeti-los varia, porém os diabéticos devem executar o teste frequentemente, com o intuito de controlar melhor a doença.

E os resultados?

Caso seus resultados sejam acima ou abaixo da referência ideal, mas próximos do limite, será preciso confirmar se aqueles números são sempre altos/baixos, assim, vale a pena pedir para refazê-lo em uma nova data.

Se os números acusarem risco de diabetes será necessário fazer uma transformação geral de hábitos alimentares e estilo de vida, a fim de reverter o quadro. Contudo, se o diagnóstico for confirmado, será preciso incluir medicamentos e atividades físicas regulares no seu cotidiano.

Lembrando que apenas seu médico poderá avaliar seu exame e um resultado acima dos valores de referência não significa que você tem a doença, pois existem sintomas e outros fatores de definição da diabetes. Na dúvida, converse com seu médico.

Ao longo dos anos adquirimos um grande conhecimento na prestação de serviços de análise clínicas, realizando coleta de amostras e análise laboratorial conforme as necessidades de cada paciente. Quer saber mais? Mande um whatsapp clicando nesse link https://goo.gl/5Ht9gT ou ligue para 3215-5724

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *