JUNHO VERMELHO: DOAR SANGUE É DOAR VIDA

doar sangue é doar vida

Junho recebe como cor de destaque a vermelho, simbolizando o sangue, já que é o mês em que se comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue. A ideia é conscientizar as pessoas sobre a importância de doar sangue.

A ação é fundamental para os bancos de sangue, que, além de já enfrentarem a baixa adesão de doadores nesta época do ano.

“O Junho Vermelho surgiu para alertar os brasileiros de que sangue não se compra, não se fabrica e que qualquer pessoa a qualquer momento pode precisar dele”, ressalta Diana Berezin, uma das duas criadoras do Movimento.

REQUISITOS BÁSICOS PARA DOAR SANGUE:

  • Estar em boas condições de saúde.
  • Ter entre 16 e 69 anos
  • Pesar no mínimo 50kg
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas)
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa 4 horas antes da doação)
  • Apresentar documento original com foto recente

IMPEDIMENTOS TEMPORÁRIOS PARA DOAÇÃO DE SANGUE:

  • Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas
  • Gravidez
  • 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana
  • Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses)
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação
  • Tatuagem / maquiagem definitiva nos últimos 12 meses
  • Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.
  • Qualquer procedimento endoscópico: aguardar 6 meses
  • Extração dentária/tratamento de canal (verificar medicação): por 7 dias
  • Cirurgia odontológica com anestesia geral: por 4 semanas
  • Acupuntura: se realizada com material descartável: 24 horas; se realizada com laser ou sementes: apto; se realizada com material sem condições de avaliação: aguardar 12 meses
  • Vacina contra gripe: por 48 horas
  • Herpes labial ou genital: apto após desaparecimento total das lesões
  • Herpes Zoster: apto após 6 meses da cura

IMPEDIMENTOS DEFINITIVOS PARA DOAR SANGUE:

  • Hepatite: após o 11º aniversário: Recusa Definitiva; Hepatite B ou C após ou antes dos 10 anos: Recusa definitiva; Hepatite por Medicamento: apto após a cura e avaliado clinicamente; Hepatite viral (A): após os 11 anos de idade, se trouxer o exame do diagnóstico da doença, será avaliado pelo médico da triagem
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis.
  • Malária.

A doação pode ser feita através de agendamento no site do Hemominas e é fácil, muito seguro e rápido. Com apenas uma doação você pode salvar até 3 vidas!

Por serem patologias relacionadas ao sangue, é importante lembrar também da leucemia e anemia, doenças que podem ser diagnosticadas com a ajuda de exames laboratoriais.

Esses e outros exames laboratoriais podem ser feitos com rapidez e confiança em qualquer uma de nossas unidades e o resultado pode ser consultado online. Quer saber mais? Mande um whatsapp clicando aqui ou ligue para 3215-5724.

 

Fontes:
senado.leg.br
g1.globo.com
prosangue.sp.gov.br

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *