Água contaminada gera mais mortes que guerras

ricos-da-agua-cotaminada

A água contaminada, além de apresentar prejuízos ao meio ambiente, também pode causar efeitos adversos à saúde humana, sendo a causa de mais de 2 milhões de mortes ao ano no mundo todo.

Apesar de concentrar a maior reserva de água doce superficial do planeta (12% do total), muitas regiões do Brasil ainda sofrem com a oferta limitada deste recurso.

Além da distribuição desigual no território – 81% dos recursos hídricos estão limitados à região hidrográfica da Amazônia –, o mau uso e a poluição também são problemas que comprometem a qualidade e disponibilidade da água no país.

De acordo com o estudo da Agência Nacional de Águas (ANA), 81% dos recursos hídricos monitorados no Brasil receberam classificação “ótima” ou “boa” e 19% como “regular”, “ruim” ou “péssima”.

A situação, porém, é diferente quando analisamos os números referentes ao abastecimento urbano. Segundo a pesquisa, em 47% dos 135 pontos monitorados, a condição da água foi classificada como “ruim” ou “péssima”.

Como é a água contaminada

Entre os principais motivos da baixa qualidade da água nos grandes centros estão os baixos níveis de coleta e tratamento de esgoto e a alta taxa de urbanização, que acarreta problemas relacionados à poluição.

Segundo o estudo, esses rios urbanos recebem poluentes dos esgotos domésticos, efluentes industriais, resíduos sólidos e cargas difusas, impactando na qualidade de vida nas cidades.

Na zona rural, foram identificados como principais problemas na qualidade dos recursos hídricos o desmatamento, que, através da erosão do solo provoca a degradação dos cursos da água; e a contaminação pelo uso de fertilizantes e agrotóxicos. O estudo revela que a utilização destes produtos químicos na produção agrícola do país aumentou significativamente nos últimos ano.

Segundo dados do Programa do Meio Ambiente das Nações Unidas, a diarréia, causada principalmente pela água contaminada, atualmente, mata mais pessoas do que qualquer forma de violência, inclusive em guerras.

Ao longo dos anos adquirimos um grande conhecimento na prestação de serviços de análise de água, comparando os valores encontrados com as normas vigentes de potabilidade e avaliando se a água é própria ou imprópria para a ingestão humana, seja para consumidores finais ou para clubes, postos de gasolinas, transportadoras, indústrias dentre outras. Quer saber mais? Mande um e-mail para analisesdeaguas@laboratoriocavalieri.com.br ou ligue para (32) 3215-5724

 

Adaptado de: pensamentoverde.com.br

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *